• Josely Carvalho

Entre os Cheiros da História no Covid-19 | Within the Smells of History in Covid-19

Updated: May 1




Entre os Cheiros da História no COVID-19 Hoje estaríamos inaugurando a instalação Entre os Cheiros da História, no Pátio dos Canhões do Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro. Nela, quando remarcada, vinte dos quarenta canhões da coleção do Museu trarão a história brasileira da Colônia e da República através de cheiros desenvolvidos com Leandro Petit, perfumista da Givaudan do Brasil.

Invisível aos olhos, o sentido predominante nesta instalação é o olfato. Me aproprio dos canhões como recipientes de memórias olfativas - memórias daqueles que na nossa história foram penetrados por estes objetos de morte.

Ontem, os canhões atiravam bolas de ferro, atingindo e ferindo corpos na insensatez da colonização, da exploração, das invasões e das guerras. Hoje, o Covid19 nos invadiu, gerou pânico, nos levou ao isolamento, nos distanciou daqueles por quem temos afeto, e ameaça a cooperação entre a comunidade global provocando o ressurgimento egótico de um nacionalismo. Os artilheiros que estiveram atrás dos canhões no período da Colônia e das invasões europeias no Brasil são hoje os trabalhadores e heróis da saúde que se colocam à frente na luta contra este inimigo invisível, trazendo um exemplo de coragem e compromisso.

São 31 dias em encerramento total. A solidão e o silêncio são companheiros que sempre me ofereceram espaço para o fazer e o sentir, mas hoje vivo neles a certeza da incerteza do momento. Ansiedade.

Pergunto o que será dos 99% da população global, durante e após a pandemia. Aqueles que não têm água potável, eletricidade, trabalho, espaço para isolamento dentro das famílias. Sabemos que o 1% tem outras possibilidades que facilitam viver o momento. Tento assimilar os significados e as emoções de viver, afetar, ser afetado, questionar, gravar uma história em processo. Somos os atores/atrizes deste teatro vivo, de horror e de Medo - em aberto.

Os canhões nesta instalação emanam cheiros de afetos que se conectam ao corpo do outro. Alguns deles são: Medo, Invasão, Delirium, Affectio, Mar, Morte, entre outros.



Agradeço profundamente as fantásticas mulheres com quem tenho trabalhado na produção da instalação Entre os Cheiros da História. Neste momento passamos nosso trabalho ao campo virtual até que nova data física seja programada.

Produção: Tania Sarquis, Estudio Sauá

Design & video: Tatadesign

Website: Nina Bruno Malta



On March 17 already in isolation, I heard Macron’s words: “We are at War.”

I understood I had been working intensively on the subject of war for the last 5 months preparing for the installation Within the Smells of History in the Garden of Cannons at the Museu Histórico Nacional in Rio de Janeiro. The exhibit was set to open on April 14. At the moment, we don’t have yet a new date. But I have open this virtual channel for you to interact and collaborate with your smell memories.

The cannons, symbols of economic, military and sexual power, contain memories of invasions and wars in Brazil since colonial times. At that time they knew the enemy. For this installation or occupation, I have created with Leandro Petit, perfumist from Givaudan do Brasil, several smell/memories to be inserted inside the cannons.

Now, we are at war with an invisible enemy. I see a relationship with the smells created for the installation such as anoxia, fear, death, invasion, affection…with our present moment. We have been invaded by an invisible virus that propagates inside of our bodies provoking lack of air (anoxia), death and isolation from physical affection. Covid19 doesn’t smell to warn us of its treacherous presence.

Perhaps, this virus came to force us to quiet our spirit and to reflect how we have abused our planet and each other and how greed and narcissism continue to invade our decisions today.


Thanks to the incredible women I have been working since January in the production of this installation. We have not stop while we wait the new date for the opening of Within the Smells of History.

Producer: Tania Sarquis, Estudio Sauá.

Design & video: Tatadesign

Website: Nina Bruno Malta




O que é o cheiro do Medo pra você? Você lembra de já ter sentido o cheiro do medo? Como foi? O que o cheiro do medo te lembra? Descreva brevemente sua reflexão nos comentários ao fim da página.

What could be the smell of Fear for you? Do you remember ever smelling the fear? How was it like? What the smell of fear reminds you? Briefly describe below in the comments at the end of the page.


visite a instalação | visit the installation voltar para o website | go back to website

13 comments