0144.Xetá
(1999-2005)

"Quando eu era uma crianças,
eu costumava passar minhas férias no Paraná. Daquele época, eu lembro das altas Araucárias e das histórias sobre os Xetá, uma tribo indígena que habitava a região da Serra dos Dourados, onde meu pai tinha plantações de café. No fim de 1950 eles eram identificados e classificados pela comunidade científica como um grupo que ainda vivia na idade das pedras. A invasão das suas terras aconteceu em parte pela expansão das fazendas de café e pelo incentivo governamental de expansão do agronegócio.
Hoje, 50 anos depois, Xetá é uma tribo extinta. Soube que talvez uma mulher ainda sobreviva hoje num hospital psiquiátrico. Na instalação, o vídeo é projetado numa parede curva, invoca a presença dessa mulher. A imagem digital sugere seu labirinto mental enquanto entro no meu computador procurando por camadas de nossa solidão".

 

Josely Carvalho

- 

Instalação.

Dois canais de vídeo, monitor de televisão, serragem, baús, projeção.


Exposta em Tyler School of Art, Filadélfia, Pensilvânia, EUA.

Esta obra é citada no seguinte texto: