suspensio_logo.png

A instalação Suspensio: An interruption in Time retrata a experiência do confinamento provocado pela pandemia  que levou a artista a se refugiar no jardim do seu ateliê em Nova York. 

Ela é construída por uma nova série de ânforas de vidros soprados, em formato de galhos, ninhos abandonados e garras do extinto pássaro Dodô, galhos secos do seu jardim pintados em vermelho e cheiros encapsulados em formato de pequenos óvulos, desenvolvidos em parceria com Leandro Petit da Givaudan do Brasil. 

Os quatro cheiros que a artista criou para esta exposição são: Toca é uma fragrância animálica feita de notas escuras que nos transportam para um ninho escavado dentro da terra. Incenso II evoca o frescor das florestas e das resinas das árvores. Vazio interpreta o desconforto de sentir-se deslocado no tempo e no espaço. Suspensão é a dualidade de estar encasulada enquanto enfrenta o risco e o perigo. No mundo pintado por luzes azuis de Suspensio, existe uma tranquilidade meditativa ou mesmo um memorial às nossas perdas individuais e coletivas neste momento de crise social, racial, política e ambiental. Um momento de divisões e insegurança.

SUSPENSIO, tempo interrompido

Olfactory Art Keller, Nova York, EUA.
(1º de Setembro - 2 de Outubro, 2021).

Foto: Alex Trippe

Acesse o catálogo AQUI.