arte final_logo expo_cores.jpg
MuseuHist¢ricoNacional∏PatKilgore2020
icone som_edited.jpg
00:00 / 03:28
MuseuHist¢ricoNacional∏PatKilgore2020
MuseuHist¢ricoNacional∏PatKilgore2020

AFETO

Dados históricos: canhão 6 nº SIGA 05913

  O canhão 6 por ser o mais antigo da coleção é visto com afetuosidade pelos historiadores e pesquisadores do Museu. Datado do séc. XVI, acredita-se ter sido usado em embarcações por ter cascavéis com aparência de peixe esculpidas nas suas alças. Essas eram utilizadas para segurar o vergueiro - um cabo grosso que prendia os canhões ao navio. Pertenceu também ao Arsenal de Guerra da Corte, espaço criado em razão da necessidade de proteção militar da colônia desde que a família real portuguesa chegou ao Brasil.

  Em 1762, Gomes Freire, então governador da Capitania do Rio de Janeiro mandou construir a Casa do Trem, local para armazenamento, proteção e pequenos reparos em armamento e munição. O nome "trem" significava o conjunto de apetrechos necessários à atividade bélica, também chamados de "Trem de Guerra". Hoje, a Casa do Trem pertence ao conjunto de edificações do Museu Histórico Nacional e é usado para exposições especiais.

   Como podemos observar, armas como os canhões podem contar a história das nações por serem símbolos de poder capazes de vencer ou perder batalhas. Nesse sentido, como pode ser levantada uma discussão, nos dias de hoje, por um museu histórico que exibe uma coleção de canhões símbolos de morte e violência? Será esse momento presente uma oportunidade de exercitarmos outros significados em pensar a História? Será que o olfato poderá nos levar a uma discussão humanística dos afetos vividos por estes objetos de poder?  

  E se das bocas dos canhões explodissem bombas de leite condensado ou docinhos de chocolate? 

Hoje, 30 de outubro de 2022, que o significado dos canhões e armamentos fique reservado à coleção do Museu Histórico Nacional como memória de momentos violentos da colonização brasileira.

fragrância: Afeto LAGO067799/00
 

  Será que soldados, na espera do inimigo e com medo
da morte, não fantasiam com a afetividade das suas infâncias? 

 

  Cheiro intenso e persistente de caramelos, reproduzindo momentos familiares onde açúcar queimado, leite condensado, e notas balsâmicas trazem memórias afetuosas. Provocação de um desejo.  Cheiro que incita um apetite não saciado. Cheiro intuitivo como os afetos.
O que mais ele esconde? Uma forte paixão?

 

Quais as lembranças de afetos que você ainda guarda na sua memória? O bolo da vovó?  Um abraço apertado?
Um carinho materno? O primeiro beijo?