SOBRE

   Josely Carvalho é artista plástica, poeta e ativista, nasceu em São Paulo, no Brasil. Vive em Nova York desde o fim da década de 1970 e mantem ateliê no Rio de Janeiro desde 2002. Nas últimas quatro décadas, sua obra incorpora diversas mídias e procura dar voz à memória, à identidade e à justiça social, enquanto desafia consistentemente as fronteiras entre artista e público, e entre política e arte.

    

   Sua pesquisa atual Diário de Cheiros protagoniza o olfato em sua obra visual e sonora. Trata-se de um projeto sensorial que atravessa várias disciplinas. A ênfase no olfato, sentido esquecido porém poderoso conector com a memória e a emoção, resulta da longa investigação de nossa necessidade de nos abrigar num momento histórico em que o sentido de casa/ ninho é ameaçado pelas guerras e migrações, pela fragilidade do meio ambiente. 

  Entre os prêmios que recebeu, destacam-se: Pollock Krasner Foundation, 2016-2017; Frans Masereel Print Center, Kasterlee, Bélgica, 2008; New York State Council for the Arts, 2001-2002; Harvestworks Digital Media Arts Center Residency, Nova York, 2001; Creative Capital Foundation, 2000; Rockefeller Foundation, Bellagio International Conference and Research Center Residency, Itália, 2000; New York Foundation for the Arts, 1999-2000; National Endowment for the Arts, 1995-1996; e Art Matters Inc., Nova York, 1992-1993. Seu premiado projeto pioneiro de internet, Book of Roofs/ Livro das Telhas [www.bookofroofs.com], de 1999, já foi apresentado inúmeras vezes. 

  Suas obras públicas, exposições individuais e coletivas podem ser encontradas no site, no recente livro Diário de Imagens lançado pela Contra Capa Editora e no site Artwork Archive para informações mais detalhadas.